top of page

Cultivo de canola na Austrália

O cultivo da canola tem grande importância e foco no sistema produtivo australiano, fazendo


parte a interação na rotação de culturas. A área na safra 2022/23 é de 3.612.400 hectares com expectativa de colheita de 2.600 quilogramas por hectare. O país é destaque pelos altos investimentos na cultura, desenvolvimento de tecnologias e genética. Buscando conhecimento e inovações para o mercado brasileiro a Nussed, juntamente com o gerente Brasil Carlos Balbi, o diretor da CW Trading/CGS Agri Paraguai, e gerente agrícola da Celena Alimentos e Presidente da Associação Brasileira de Produtores de Canola – ABRASCANOLA, Vantuir Scarantti estão em viagem a Austrália. Dentre as atividades do roteiro incluem-se visitas as lavouras de canola no país, vivência da realidade tecnológica local, conhecer os líderes globais da Nuseed. Serão realizadas visitas ao escritório Nufarm e Nuseed, Gorst Rural, site de teste de pesquisa T3, berçário da Blackleg Disease, tour do Centro e Laboratório de Inovação, Western Ag, além das visitas aos agricultores comerciais de Winchelsea, Horsham Gerard Bardell e produtor de híbridos em Naracoorte.



A Nuseed combina sua genética de nível mundial com os esforços e estratégias de pesquisa e desenvolvimento de mercado para trazer aos produtores do Brasil os melhores híbridos de Canola, buscando sempre o máximo em desempenho e produtividade. Hoje é líder de mercado na Austrália e no Brasil (NUSSED). A área do Brasil de canola vem crescendo gradativamente ano a ano, como resultado do fomento da Celena Alimentos e parceiros no sul, nesta safra a área se aproxima de 70mil hectares, atendendo aos mercados de óleo comestível, biodiesel, farelo e exportação. O objetivo é continuar aumentando a área e com isso se faz a necessidade de conhecimento, tecnologias e híbridos de alto teto produtivo.


bottom of page