Fim da Colheita de Soja e Início do cultivo da Canola


O estado do Rio Grande de sul inicia o mês de maio com dois terços da área colhida de soja nesta safra 2021, apesar de estar atrasada quando comparada com as safras anteriores. Apesar disso os resultados de produtividade são animadores mesmo com as intempéries climáticas durante o ciclo da cultura, segundo informações da Emater/RS o Rio Grande do Sul pode ultrapassar o Estado do Paraná e voltar a ser o segundo maior produtor de soja do país e o primeiro da região Sul.

Desta forma inicia-se a semeadura da canola onde deverá ser cultivado aproximadamente 40.000 hectares. O Estado é o maior produtor de canola sendo responsável por 70% da produção nacional. O grão é industrializado originando óleo utilizado para a alimentação humana e comercializado para biodiesel, como subproduto da prensagem o farelo é destinado na alimentação animal e em formulações de rações. No campo traz o benefício da rotação de culturas diminuindo inoculo de fungos e bactérias principalmente no milho e trigo, além da alternância de herbicidas utilizados na propriedade e minimizando a resistência de plantas daninhas.

Os trabalhos da equipe Celena Alimentos estão a todo vapor no campo com implantações de experimentos e assistência técnica aos produtores desde a entrega de sementes, orientações de manejo e regulagens de plantadeiras. Proporcionando maior segurança aos produtores que estão iniciando o cultivo pela primeira vez e gerando tranquilidade para os que cultivam a longa data. Além do benefício para o sistema de cultivo a cultura oferece aos produtores garantia de lucratividade, uma vez que o fomento de áreas e fixação de contratos ocorrem de forma futura e segura ampliando o interessar pelo cultivo.


Detec – Celena Alimentos Carlos Eduardo Vozivoda Mos Fabio Barbian Grégori Rolser Corrêa Jussara Griesang